Celebração do Lhabab Duchen

Dia 12 de novembro, domingo

Prática dos Dezesseis Arhats com oferenda de Tsok, às  17 horas

Lhabab Düchen - retorno do Buda do reino de Tushita

Lhabab Düchen – retorno do Buda do reino de Tushita

Lhabab Düchen marca a ocasião da descida do Buda do reino celestial de Tushita para a Terra e é um dos quatro dias especiais na tradição budista tibetana. De acordo com o calendário tibetano, o Lhabab Duchen é celebrado no vigésimo segundo dia do nono mês (calendário lunar). Em 2017, no nosso calendário, a data do Lhabab Düchen corresponde ao dia 10 de novembro

Um pouco da história

Ao morrer, a mãe do Buda renasceu no reino celestial de Tushita. Com gratidão por sua bondade, o Buda foi para esse reino com o objetivo de ensinar o Dharma a sua mãe, bem como, aos outros seres celestiais, para que estes pudessem se liberar do ciclo de renascimentos (Samsara).

Após três meses, o Buda foi exortado por um discípulo a retornar para a Terra para ensinar seus discípulos e seguidores.

Lhabab Duchen em biscuitO deus hindu Indra fez, então, três escadas ligando o reino celestial de Tushita com o reino humano. A escada central, feita de jóias, é a usada pelo Buda; a sua direita está a escada de ouro, usada por Indra; e a sua esquerda, a escada de prata, usada por Brahma.

Este retorno é considerado um dos doze mais importantes atos do Buda. Tamanha foi sua compaixão pela humanidade que ele concordou em deixar o mundo dos deuses para retornar ao nosso mundo, e, por isso, o seu retorno é celebrado.

Por ser extremamente auspicioso e propício para a prática, faz parte da tradição que o praticante se envolva com atividades virtuosas e oração neste dia. É dito, também, que todas ações acumuladas, positivas ou não, são multiplicadas por milhões de vezes.

Programação da Celebração

Como o dia 10 é  uma sexta-feira, celebraremos essa ocasião no domingodia 12 de novembro, às 17 horas. Lama Pema nos dará uma explicação sobre essa comemoração e realizaremos a prática dos Dezesseis Arhats, com oferenda de Tsok. Após o que, faremos um lanche coletivo.

Tsok é uma ocasião festiva em que nos reunimos para fazer oferendas de alimentos e luzes à divindade, é uma forma de praticarmos a generosidade e acumularmos méritos. As oferendas são colocadas no altar para serem abençoadas e, ao final da cerimônia, os alimentos são consumidos pelos participantes.

O que trazer para o Tsok e/ou para o lanche 

Oferenda de Tsok - KTC

Oferenda de Tsok – KTC

  • para participação no Tsok/lanche traga alimentos como frutas, pães, biscoitos, balas, chocolates, sucos, bolos, sanduíches, salgadinhos etc. Se você trouxer frutas, lembre-se de lavá-las antes;
  • atenção – os alimentos não deverão conter nenhum tipo de carne ou derivados;
  • é muito auspicioso trazer flores para o altar;
  • chegue com antecedência de, pelo menos, 20 minutos, para que as oferendas que você trouxer possam ser arrumadas no altar.

Aguardamos você para comemorarmos juntos!

Karmapa Kyenno!



Comentários