Prática do Buda da Medicina

Dia 1º de julho, sábado, às 9:30 horas

Sangye Menla – o Buda da Medicina

De acordo com o calendário lunar, dia 1º de julho é dia de Sangye Menla, o Buda da Medicina. Assim, após a prática de Tara Verde, Lama Pema fará a prática de Sangye Menla.

Considera-se que Sangye Menla formulou aspirações muito poderosas para o bem dos seres, de modo que o simples fato de ouvir seu nome basta para evitar o renascimento nos mundos inferiores. Aquele que ora a Sangye Menla verá o apego, a aversão e a cegueira diminuírem. Como esses três venenos são a causa fundamental das doenças, sua supressão dará automaticamente resultado, a eliminação da própria doença.

Os efeitos que resultam da prática de Sangye Menla dependem da maneira como a abordamos. Se orarmos a Sangye Menla e se efetuarmos sua meditação para que nós mesmos e todos os seres possam ser definitivamente liberados de todos os sofrimentos, os efeitos serão, no final, tão grandes quanto nossa motivação. Mas nada impede, quando uma doença atinge um ponto particular de nosso organismo, que visualizemos Sangye Menla recitando seu mantra sobre a parte dolorida, e que imaginemos que seu corpo emite um raio luminoso que dissolve a doença como o sol que se levanta dissipa a geada da noite. Isto também, numa ótica mais restrita, será muito benéfico. ” (Kalu Rinpoche, Ensinamentos Fundamentais do Budismo Tibetano. Budismo Vivo, Budismo Profundo, Budismo Esotérico. Brasília: Shisil, 1999. p. 428)

Clique aqui para saber mais sobre essa prática.



Comentários