Tchenrezig

 Tchenrezig minha thankaTchenrezig — o Grande Senhor da Compaixão, é uma das práticas mais populares, em todas as linhagens do Budismo Tibetano. Ele representa a própria compaixão dos Budas.

Seu mantra, Om Mani Peme Hung, é um dos mais conhecidos no Budismo Tibetano. É um mantra “simples” e fácil de decorar, mas, sobretudo, o Mani Mantra é a essência de todos os ensinamentos do Buda Shakyamuni. Sua recitação promove a purificação de nossos condicionamentos e padrões de comportamento negativos, livrando nossa mente dos véus da ignorância e despertando em nós o sentimento de compaixão por todos os seres.

Como explicado por Bokar Rinpoche,

Tchenrezig nada mais é do que o modo de ser da mente, a saber,
a união da vacuidade e da compaixão.
Esta natureza última da mente é Tchenrezig
do ponto de vista da realidade definitiva.

(Em Tchenrezig, o Senhor da Grande Compaixão, p.12)

 

Tchenrezig Na realidade, a essência de Tchenrezig já existe em todos nós, como um potencial não manifestado. As práticas e a recitação do mantra nos ajudam a reconhecer e desenvolver essa essência, propiciando, assim, que ela se torne manifesta.

A sadhana de Tchenrezig que praticamos na KTC, e que é praticada na maioria dos Centros de Dharma no ocidente, foi composta por Tangtong Gyalpo, um excepcional mahasiddha tibetano que viveu entre os séculos XIV e XV.



Comentários